Bem-Vindo à Esa Filosofia. Aqui poderá encontrar toda a informação, dicas, textos de reflexão, ensinamentos diários, artigos científicos, que o vão ajudar a criar e a melhorar a sua consciência, forma de pensar, a sua visão do mundo, entre muitas outras coisas. Semanalmente levaremos até si artigos de grande qualidade sobre assuntos que por vezes ouvimos ou lidamos diariamente sem perceber bem o porquê do mesmo. Participe e Comente!

5 de maio de 2011

5 motivos incríveis para estudar filosofia!

Categories: , ,


Depois de termos abordado e explicado o que é a filosofia, pareceu-nos correcto falar sobre um dos pontos fulcrais de toda a aprendizagem da área da Filosofia, mais concretamente os principais motivos que nos levam a estudar esta área do conhecimento.

Infelizmente, a grande maioria das pessoas que começa a estudar filosofia desiste muito facilmente por considerarem a disciplina difícil ou muito cansativa. No entanto, se analisarmos as razões que nos levam a estudar e tentar perceber esta antiga disciplina, será mais fácil e menos duro fazê-lo. Por isso mesmo, vamos indicar-lhe as razões que consideramos fundamentais para que o estudo da filosofia seja feito com gosto e puro prazer




1. APRENDER A ARGUMENTAR

Segundo o senso comum, argumentar é vencer alguém, forçá-lo a aceitar a nossa verdade. Esta definição é errada! Seja na escola, na política, no trabalho ou numa simples conversa, saber argumentar é, primeiramente, saber  compreender o raciocínio do outro. Argumentar é também conseguir o que desejamos, mas de uma forma construtiva e num sistema de conversa, onde devemos sempre ouvir o que o outro tem para dizer. O principal objectivo da argumentação é passar a nossa verdade para a verdade do outro.

Usamos a argumentação no nosso quotidiano, para propor um aumento de salário, para apresentar uma opinião  ou um projecto inovador, para justificar uma decisão que tomamos e até para pedir um aumento da mesada.

A importância da argumentação é imensa. Vejamos: um empresário ambiciona construir uma parceria com uma empresa de maior reconhecimento que lhe poderá trazer grandes vantagens ao seu negócio.  Será com toda a certeza necessário defender um produto, um serviço ou uma política da sua empresa na tentativa de a sua proposta de parceria ser aceite. O empresário obterá mais sucesso se souber responder às questões que lhe forem colocadas, de forma clara e inequívoca. Ou seja, terá mais hipóteses se os seus argumentos forem mais convincentes. 

A reter: Com a filosofia aumentamos consideravelmente a nossa capacidade de argumentação.


2. SER ABERTO A NOVAS IDEIAS

Estima-se, actualmente, que a população humana seja superior a 6,8 biliões de pessoas. Embora os nossos cérebros funcionem todos da mesma maneira, através de sinapses, cada indivíduo pensa de uma forma completamente diferente. Assim, este elevado número de indivíduos traduz-se, portanto, em uma enormidade de diferentes formas de pensamento que consequentemente nos proporcionam as ideias e soluções para os problemas que se nos impõem.

Para ser filósofo é necessário uma atitude de investigação, não desprezando a realidade, pois os filósofos  procuram resolver os problemas que surgem da experiência. Isto acontece porque, se o filósofo não for além dos conceitos que foram estereotipados pela população e dos preconceitos presentes na sua sociedade, então ele não conseguirá ser aberto a novas ideias ou novas formas de pensamento. Você, tal como um filósofo, necessita de ser uma pessoa que seja aberta a novas verdades, ideias e formas de pensar pois isso vai proporcionar-lhe aumentar significativamente as suas oportunidades de negócio, conseguir uma melhor estratégia de estudo ou encontrar diversas soluções para os seus problemas. 

A reter: É essencial que pense por si mesmo e aprenda a tomar posição. Nós desejamos contribuir para não "fabricar cidadãos bem pensantes", mas estimular o desenvolvimento de livres pensadores.    






3. DESENVOLVER A CAPACIDADE CRÍTICA


Quando se estuda filosofia, independentemente do tema ou assunto, as suas capacidades críticas de raciocínio vão sendo treinadas sem que você sequer dê por isso! Vejamos: Imagine que é dada a mesma questão filosófica a todos os alunos de uma turma. Os alunos terão que trabalhar essa questão com o objectivo de encontrarem uma resposta que responda ao problema inicial. Provavelmente um bom aluno que pense com rigor e seriedade no assunto, não se contentará com uma perspectiva mais comum ou vulgar que os restantes colegas. Ele irá realizar uma análise muito mais detalhada ao longo de todo o seu raciocínio, em busca de uma resposta que satisfaça a questão dada. 

Isto acontece porque, ao analisar cada vez mais questões filosóficas ou enigmas lógicos, o nosso cérebro vai progressivamente aumentando a sua capacidade crítica. Ou seja, ao longo de algum tempo cada indivíduo será bem capaz de encontrar verdades e respostas mais eficazes aos problemas ao invés de se contentar apenas com uma simples solução. 

A reter: Se quiser atingir estes resultados mentalize-se para exigir mais de si e tente focalizar mais atenção à questão/problema. 

4. A FILOSOFIA É ÚTIL EM TODOS OS EMPREGOS


Como todos sabemos, a constante prática de exercício físico é indispensável para ter uma boa saúde. Por exemplo, melhora significativamente as nossas capacidades respiratórias, motoras e muitos outros pontos essenciais para a saúde do corpo humano. Tal como na prática de exercício físico, a Filosofia também se torna numa ferramenta essencial a qualquer trabalhador que queira desenvolver as suas capacidades e alcançar o sucesso na sua área profissional.

Ao estudar e dominar esta área do conhecimento você pode se tornar num melhor orador para grandes públicos que possam, eventualmente, lançar-lhe questões que não tinha nos seus planos. Este exemplo é perfeitamente aceitável, assim como tantos outros. 

A reter: A Filosofia é importante e muito útil em qualquer profissão.


5. A FILOSOFIA DESENVOLVE  O RACIOCÍNIO LÓGICO

Com a ajuda da Filosofia (nomeadamente da Lógica) aprendemos a argumentar correctamente, de forma a podermos expressar e justificar as nossas opiniões, bem como provocar a livre adesão dos nossos interlocutores.  Através do desenvolvimento de um raciocínio lógico é possível a organização coerente dos pensamentos e a avaliar a validade dos argumentos que nos são apresentados, contribuindo assim para desenvolver a autonomia do espírito crítico.

Vivemos em sociedade, precisamos de comunicar, expor as nossas ideias e defender os nossos pontos de vista.  Se o fizermos com rigor e clareza, tudo se torna mais fácil e conseguimos fazer com que as nossas ideias sejam melhor compreendidas e aceites intelectualmente pelos nossos interlocutores. 


E VOCÊ, O QUE O MOTIVA ESTUDAR FILOSOFIA?


Até Já!

Spread The Love, Share Our Article

Related Posts

32 Comentários para 5 motivos incríveis para estudar filosofia!

Anónimo
8 de maio de 2011 às 06:39

Qualquer livro BOM de filosofia já da um bem estar, muito melhor que qualquer livro de auto-ajuda best seller from nyt.

Pessoal ainda retem muito daquela coisa que se aprende no ensino medio, faculdade(fora o curso claro).

8 de maio de 2011 às 11:28

Filosofia é sinonimo de sucesso!

8 de maio de 2011 às 12:30

Olá Rogers, obrigado pelo comentário.

De facto essa frase diz tudo.

Abraço

8 de maio de 2011 às 17:03

a forma com a qual a filosofia é explanada no ensino medio faz com que se pegue esse pavor dessa materia.. eu falo isso porque eu era assim, mas peguei gosto por ela mas na faculdade, pois é bem menos massiva e bem mais dinamica, o que torna a materia bem mais interessante.

8 de maio de 2011 às 22:19

Olá Jéssica, obrigado pelo comentário.

Sim, de facto os jovens de hoje nem sequer se esforçam para tentar. Às vezes basta tentarmos investir um bocado do nosso tempo e dedicar-nos inteiramente a uma disciplina, que rapidamente percebemos que a filosofia não é um bicho de sete cabeças.

Abraço

Anónimo
9 de maio de 2011 às 02:09

Eu amo filosofia, descobri esta paixão, depois de ler o livro "O Mundo de Sofia", um clássico ao me ver, que me fez acreditar que sem a filosofia o mundo para...na verdade, acredito que o mundo só está onde está, devido ao amor pelo desenvolvimento da sabedoria a nossa filosofia...gostei muito do blog. vou acompanhar sempre...

9 de maio de 2011 às 03:30

O grande problema e que: se voce tem diversas coisas mais "importantes para estudar porque você vai estudar filosofia ao inves de uma delas?

Campanha anti divulgacao na caixa de comentarios: Comentarios sao para demonstrar sua opiniao, e nao para expor seu blog(de merda) senhor carlos junior e companhia.O spam nos comentarios tem que parar!!!

9 de maio de 2011 às 08:36

Olá Erick Macedo, obrigado pelo comentário.

Concordo plenamente com a sua opinião.
Essa é á ideia que a maioria tem ao se deparar pela primeira vez com a Filosofia. É necessário desmistificar essa ideia de que a Filosofia é aborrecida e não serve para nada...

Abraço

1 de junho de 2011 às 19:06

Opa , desculpe esqueci de citar a fonte do artigo, mas sempre cito fonte no meu blog, se preferir retiro o artigo ok. www.tecnologiasocial1.blogspot.com

1 de junho de 2011 às 23:43

Olá Darcy de Arruda, obrigado pelo comentário.

Não me importo que utilize umas quantas frases escritas por mim, mas tente não fazer cópia integral do artigo, pois isso é considerado plágio e plágio é crime.

Abraço

12 de setembro de 2013 às 15:06

Estou encantado com essa perspectiva de ampliação da capacidade mental que o estudo da filosofia proporciona, irei o quanto antes mergulhar nesse mundo... O artigo contribuiu muito para esse minha decisão.
Parabéns ao autor(a).

CACHOLATRIA.BLOGSPOT.COM
31 de outubro de 2013 às 13:22

Olá meu caro Roger, tudo bem! Maravilhoso seu blog. E comungamos da mesma ideia. Vamos fazer uma parceria meu caro. E coloco os feeds do seu blog no meu para divulgarmos a filosofia e valorizá-la mais? Grande abraço, e parabéns pelas dicas.

Fernando
6 de março de 2014 às 22:26

Dentre os livros de filosofia que já tive a oportunidade de ler, há alguns que recomendo, a começar pelos antigos: "Apologia de Sócrates", o "Banquete", "Ética a Nicomaco", um que não pode faltar e que convida qualquer um ao exercício da fé e da reflexão "Confissões", de Santo Agostinho. Há outros mais, porém, havendo possibilidade, não deixem de ler, inicialmente estas obras... procure também lê-las num exercício de estudo e análise reflexiva. Será bem interessante!!! Sinto-me feliz em saber de tantos apreciadores desta maravilhosa Luz que é a Filosofia. Abraço.

Anónimo
13 de março de 2014 às 19:58

O mundo está precisando de mais filosofia, pensar mais sobre a nossa posição perante o planeta e perante os outros. Infelizmente o materialismo está solapando qualquer forma de pensar.

18 de julho de 2014 às 00:13
Este comentário foi removido pelo autor.
18 de julho de 2014 às 00:15

Oi, meu nome é Lucas, eu tenho treze anos. Eu estava fazendo um trabalho de inglês sobre o dramaturgo e poeta inglês William Shakespeare, fui no site da Wikipedia ver sobre sua biografia e acabei tendo interesse nas suas poesias. Eu pesquisei no Google sobre essas poesias, só coisas benéficas entraram na minha mente, e acabei percebendo que tudo fazia parte da filosofia.

Algum tempo atrás, a minha mãe havia me dito que o professor da faculdade em que ela estuda falou sobre um certo livro de filosofia que eu não me lembro. Eu pensei: "Se aquelas poesias do Shakespeare foram tão úteis, por que não testar um livro de filosofia de verdade?", e acabei perguntando a ela qual era o livro. Eu tive interesse no livro e vim procurar por ele, até achar este site maravilhoso. E, não, eu não só achei o livro de filosofia que minha mãe havia me dito, achei uma grande mansão cheia de portas e oportunidades para mim. Espero que continuem este trabalho maravilhoso. Muito obrigado por tudo. Tchau!

josue nunes
12 de março de 2015 às 02:16

ainda não entendi muito bem o motivo de se estudar filosofia, porem como fiz em psicologia, inicie com um livro introdutório, e gostei bastante,dar vontade de ler outros, deve acontecer o mesmo com filosofia, é tao bom aprender, todas essas disciplinas nos esperando,de pessoas inteligentes, cansei de religião,dogmas e regras,o que posso ou nao fazer,ou pensar, joguei minha biblia fora, e vi que meus pais nao tem nada de mais pra me ensinar,
ja que vivo em sociedade, vo só manter o codigo usado,direitos humanos,dos animais,ambientas,etc... mas sempre rever meus conceitos e mudar se possivel pra melhor, se renovar, sem medo,é uma pena eu viver pouco pra nao ler todos os pensamentos desses ilutres que nos deixou tais conhecimento, maravilha hoje,podemos conversar sobre isso e ate escrever em maquinas e levam os pensamentos escritos por ondas que entendo como funcionam,ou fios de cobre., o abraço, e agradecimento, essas pessoas que realmente fizeram algo na minha vida,mudando a forma de nascer,viver(fala,escrita,pensadores questionadores) e morrer,
a consciência só aparece numa certa idade, e desaparece em outra,assim voltarei a ser o que era, nada se cria, tudo ja esta aqui, se autotransformando, num ciclo infinito como as voltas que a terra dar.

11 de abril de 2015 às 20:54

Filosofia é tudo de bom

26 de abril de 2015 às 13:19

 Uma sociedade dotada de ceticismo e senso crítico é o maior mostro que possa existir contra as mazelas de maus políticos. E nisso a filosofia pode ser extremamente útil para a conscientização do povo que são os patrões e não os empregados. Na busca pela verdade, construção da felicidade e ciência de suas limitações. Além é claro, diminuição significativa da própria ignorância. Quem não gosta de filosofia, ou lhe falta conhecimento ou tem interesse em desestimular cidadões pensantes.

27 de abril de 2015 às 14:30

Parabéns, muito bom e por favor gostaria de saber o nome do autor deste artigo e a data de publicação para poder citar em um trabalho que estou fazendo sobre Filosofia da Educação

6 de agosto de 2015 às 18:55

Sou professora de Filosofia do Ensino Médio, tenho muita dificuldade nas minhas aulas, primeiramente pelo fato de quebrar o preconceito que os alunos carregam de que a Filosofia é algo tão difícil e chato de se aprender e, depois, porque eles não gostam de ler e a disciplina exige muita leitura. Percebo que, nós professores, temos que encontrar meios que cative o aluno e faça com que ele tenha curiosidade para conhecer e se apaixonar por essa magia que é a Filosofia.

6 de agosto de 2015 às 18:55

Sou professora de Filosofia do Ensino Médio, tenho muita dificuldade nas minhas aulas, primeiramente pelo fato de quebrar o preconceito que os alunos carregam de que a Filosofia é algo tão difícil e chato de se aprender e, depois, porque eles não gostam de ler e a disciplina exige muita leitura. Percebo que, nós professores, temos que encontrar meios que cative o aluno e faça com que ele tenha curiosidade para conhecer e se apaixonar por essa magia que é a Filosofia.

Anónimo
14 de agosto de 2015 às 21:34

Parabéns pelo Texto !!! , realmente a Filosofia nos proporciona uma grande capacidade crítica e analítica ... , conciliando ela com graduações de natureza proxima (Direito,Comunicação, artes cênicas, Cinema,etc.) o potencial do profissional é luz a frente superior aos concorrentes .... , óbvio que a carga teórica é imensa , porém o próprio contexto do curso tem essa liberdade de provocar grandes epifanias , provocações , nos balançamos internamente e isso é incrível para o desenvolvimento da intelectualidade ...
Assim como toda graduação da área de humanas é impreensidivel a escolha de uma boa instituição , humanas não é indústria , muito menos comércio para se jogar o diploma no lixo !!! , é necessário uma boa faculdade e com bom nível em pesquisas e extensão .... :) ...
Kaique (estudante de Filosofia ... rs )

Anónimo
24 de agosto de 2015 às 20:21

Boa tarde, tenho 22 anos e sou formado em ciências contábeis, trabalhei durante 5 anos da minha vida nesta área e recentemente ganhei a conta. A verdade é que, não tenho prazer pela área e acredito que entrei no curso somente pelo dinheiro e os benefícios que eu posso ter, porém, hoje vejo que filosofia talvez seja a área que me identifico mais, sempre amei esta matéria no colégio mas não sei se estou pronto para começar do zero e não sei se me adaptarei com a profissão de professor. Este texto me ajudou muito, mas gostaria de saber na sua opinião, se devo ou não começar a fazer filosofia e quais são as principais dificuldades encontradas?

27 de setembro de 2015 às 02:19

Boa noite meu nome é Carlos Roberto Pinto tomei gosto pela filosofia por vários motivos uma pessoa que estuda filosofia tem a maior compreensão das coisas deste mundo atual, no meu ver ela consegue resolver os problemas mais facilmente, eu estou querendo estudar filosofia estou com 53 anos tenho muitas duvidas na minha cabeça e com a filosofia eu tenho a certeza de que vou me dar muito bem.

24 de janeiro de 2016 às 17:02

Olá! Sou brasileiro e também amo muito ao amor à sabedoria, isto é, à Filosofia. É evidente, então, que é um duplo amor. Eis que é um amor ao saber e à esse amor. Enfim, eis que é o saber que se busca a Filosofia, como dizia o Filósofo (Aristóteles), é o saber que se ama, que se quer obter, que se assume como estilo de vida obrigando-nos até a sermos mártires como fê-lo Sócrates, quer-se esclarecer enfrentando as sombras do mundo que velam o ente sob a desculpa do livre pensamento como se a liberdade fosse desarraigada da razão e esta da Fé que lhe é superior por lhe conferir um colírio, como diz o Apocalipse, para que enxegue.

Parabéns pelo Blog!

Visite meu Blog em http://joaoemilianoneto.blogspot.com.br

24 de janeiro de 2016 às 17:13

Cath, siga a lição de Thomas Hobbes que dizia, "primum vivere, deinde philosophari". Ou seja, precisamos primeiro viver, degustar, saborear tudo do mundo e reter o que for bom, como dizia São Paulo. Concretamente, então, mostre a seus alunos a cultura, as religiões, as ciências, a História, por fim, o mundo e por si mesma a crítica, atitude típica filosófica, lhes aflorará no coração, pois eles quererão naturalmente reter o que é bom. Serão filósofos natos.

2 de julho de 2016 às 00:55

execelente artigo.... a Filosofia é magnâmina, excelsa, sublime, tem o toque especial de Deus... eita ciência tão antiga e tao nova... a Filosofia é doce como os mel que sai do favos e nos instiga a ver um mundo diferenciado, alçado no vies do mais profundo saber humano, atingindo o cerne do ser das coisas em suas última causas e do ente enquanto ente e do enquanto ser e ente... nao é mole não... desejo que as pessoas procurem por esse curso... a filosofia é considerada o maior curso de auto ajuda do planeta e para aqueles que tem timidez e receio de expor ideias e falar em publico, a filosofia é uma ferramenta poderosa para quebrar esse tabu... ela faz acabar com o medo, pois impoe na mente humana o conhecimento, incita ao raciocinio e nos faz pensar como as coisas sucedem mediante suas causas...

2 de julho de 2016 às 00:59
Este comentário foi removido pelo autor.
13 de outubro de 2016 às 16:58

Viver a filosofar emociona pelo gozo que vem das nossas novas lentes.

31 de dezembro de 2016 às 17:19

Quando ouvia falar de filosofia não dava muita importância; imaginava ser algo muito difícil de compreender. Mas lendo sobre o assunto em algumas pesquisas que eu fiz, comecei aos poucos a me interessar pelos conteúdos que me eram apresentados nos sites que visitava. segui algumas dicas que me foram dadas; comecei a ler livros sobre o assunto e, acabei por me tornar um apaixonado por essa matéria à partir do Ensino Médio; de lá para cá continuo lendo cada vez mais, e sinto uma grande diferença no meu comportamento diante de determinadas coisas que ocorrem com frequência diante de mim. Passei a pensar de forma cuidadosa sobre todos os assuntos que me são apresentados. Noto que isso é muito bom!

Sebastião Correa de Amorim.

3 de julho de 2017 às 13:23

só não concordo q nos dias de hoje para ser um filosofo,o cara tem q ter papel para provar.
lamentável.
adorei o blog.

Enviar um comentário

Caro leitor! É com enorme prazer que o recebemos aqui. Recomendamos-lhe vivamente que nos escreva de uma forma organizada e em português correcto, identificando-se, explicando a razão do seu contacto e deixando a sua mensagem de uma forma clara. Ofensas a autores ou a qualquer outro leitor não serão aceites. Obrigado

Ir ao Topo Ir ao Fundo